vogai por nós

04/06/2023

Quem nunca se importou com o que não deveria! E dessa forma, acabou afundado em preocupações. Pois ao invés de se ocupar com o que devia, arrevesou em ações que se não fosse por isso! Nem existiriam. Será essa magia de assim viver? Ou será isso mantra a fim de que devires se potencializem à vogai por nós? Nós que geneticamente predestinados atam-se em subjetividades que habitam em nós mesmos.

E que mesmo com infindáveis vontades de afirmações de desatarem de nós... Em modalidades diversas, desiguais e discrepantes, conglutinam em palavras. Imagens à semelhanças de Hélade Renzo em gargalhadas. Ou Jaqueline... Em bordadas. Já Claudio Amaro... Parou com essa asneira devaneada.