Pulem aquelas laudas

12/08/2023

Foi quando Mentpiuor se aproximou de Jaqueline, Hélade Renzo e Claudio Amaro aos poucos. Que todos eles se motivaram em buscarem por quais motivações algumas demoras e hesitações chegaram perto de mais da ilha devaneada 2ooe0nze. Mas chegando em tais motivações leram recado fixo nos ladrilhos das neuroplasticidades de Mentpiuor. Ou seja: pulem aquelas laudas...

Não lhes demores e venham. Assim sendo, em passos dançantes que negligenciavam marchas mesmo que rítmicas... Mas não eficazes... Perceberam que papéis das laudas já estavam amarelados. E tintas estavam iniciando processos de powerficados emblemas secando.

Dessa forma letras ansiavam em se fazerem presentes e tomarem outras diversas, desiguais e discrepantes formas. E de longe escutaram então vozes em gritos silenciosos que fechando olhos e tento saberem de onde vieram... Sentiram olfatos powers em vãos. E nos mesmos deram primeiros passos nas esperanças de chegarem mais pertos dos pontos mais estimulantes.

Mas encontraram apenas escuridões brilhosas e chamados sem fins por mais. Sempre mais de-eus mesmos neles mesmos. Chamando para desconhecidas familiares motivações em caminhos sem voltas. Que em voltas também seguiam em frentes. Sendo assim sentiram nas peles os venham, venham vindos dos ares. E em piscares de olhos mais lentos do que grudes de lesmas... Perceberam que são chegadas horas. E nessas... Não tardes de mais nem cedos de mais ouviram: não tardes em virem.