Ok... Um pouco mais de transcorrências

08/09/2023

Ok internetianas e redófilos 2ooe0nze. Feedback ontem foi o mais dinâmico da história desse conteudista avoado. Em respeito aos que preferem não serem nomeados.. Sejam representados pelo nome do amigo Emerson. Dessa forma já partimos de pressupostos de que: Nos motivarmos profundamente com leituras e ter insaciáveis curiosidades para desvendarmos mundividências diversas, desiguais e discrepantes... São algumas características que alimentam minhas asneiras textuais. Mesmo sendo as mesmas transcorrências.

Pois em suma, de forma geral... Encaro vontades de afirmações geneticamente predestinadas que estou, com motivações de permanecer sendo curioso do idioma português brasileiro em diversas, desiguais e discrepantes ramificações vernáculas. E através de eugenias bosquejadas que habitam em mim... Constantemente estou por buscas de conteúdos básicos ligados às áreas dos estudos linguísticos e literários. Principalmente filosóficos postulados em escritas criativas.

Óbvio que tais transcorrências são decodificações codificadas de filosofias in práxis. Ou seja... Nada de contato com filosofias da história filosófica mais. Muito menos com filósofos profissionais nas grandes mídias. Mas sim com conteúdos deflagrados por não confortos cognitivos em competências e habilidades não específicas estimuladas em... Livros, artigos, conteúdos na web; filmes, campanhas publicitárias, séries; músicas, artes, etc. E até mesmo em bulas de remédios.

Por outro lado gêmeo das mesmas histórias genetônicas mitológicas demasiadamente humanas devaneadas... Interpretações são requisitados mais que necessários. A fim de traduções simultâneas em sugestionáveis disparidades nas reuniões fenomênicas que todo texto proporcionam. Imagens às semelhanças de congressos, conferências, eventos culturais; etc... Textos seguem intermediando contatos entre coexistentes nas coisas demasiadamente humanas digitadas. Mesmo em defluências. Panta rhei babys...