Mulher grávida com morte cerebral da a luz um bebê vivo.

30/08/2023
Constatada conseguir dar...
À luz um bebê saudável...
Por meio de cesariana...
Dentro desses 35 casos...
27 terminaram no nascimento...
De uma criança viva...

Incluindo três partos naturais...
Logo após se apresentar ao hospital...
A mulher grávida passou a... Experimentar...

Atividade semelhante..
A uma convulsão...
Antes de parar de responder... Definitivamente...
Os resultados dos exames...

Preencheram os critérios da medicina... Nuclear para morte cerebral...
E o paciente foi declarado...
Morto no dia da admissão...
Revelaram que a mulher havia sofrido... Uma hemorragia no cérebro... 

Após uma reunião multidisciplinar... Com neurointensivistas... Especialistas...
Em Unidade de Terapia Intensiva... (UTI)...
Neonatal...

Obstetras...
Equipes jurídicas...
Éticas e assistentes sociais...
A família da paciente...
Expressou o desejo de manter...
A gravidez e procurar por métodos...
Viáveis do feto nascer saudável...
Para conseguir realizar tal feito...

Foi preciso forte intervenção médica...
A mãe com morte cerebral...
Foi colocada em um ventilador...
É teve uma sonda nasogástrica...
Inserida...
Em seu corpo...

Além disso...
Os médicos também tiveram...
Que regular...
Seus níveis de tiroxina e ...
Pressão arterial...

Enquanto anticoagulantes...
Eram administrados para evitar...
A formação de coágulo...
Ela foi diretamente levada...
À UTI neonatal para internação...
Secundária...
À idade gestacional...

Contudo...
O bebê recebeu...
Alta para casa depois de cinco dias...
No hospital...
Embora casos como este sejam...
Extremamente raros...
Eles não são inéditos...

Cerca de dois terços das mulheres...
Que sofrem morte cerebral...
Durante a gravidez têm um sangramento...
No cérebro antes do parto...

Das 35 pacientes identificadas...
69% necessitaram de tratamento...
Para infecções como pneumonia...
Ou sepse...
Enquanto 63% desenvolveram...
Instabilidade circulatória.