Molodias alegres que estavam tristes

06/10/2023

Em palavras nietzschianíssimas então me estive em interpretações que até agora já bastam à mim mesmos em si mesmas. Enfim... Pois nelas ainda estou powermente defendido e powerficado como em melodias alegres que estavam tristes. Só não contra surpresas inevitáveis in devires. Pois as mesmas brotam por trás de muralhas intransponíveis em sem fins mistérios. Isso mesmo aos olhares soslaios...

Dessa forma em imagens às semelhanças de aromas desconhecidos e vagas fugacidades que sopram magnificamente em magnificências... E em mais de-eus mesmos em nós mesmos... Caminhamos em superabundâncias de nós mesmos em nós mesmos. E sentados às beiras dos caminhos olhamos devires chegarem, passarem e irem. Como que em cortejos de máscaras carnavalescas.