Lembranças heurísticas

22/07/2023

Quando imagens à semelhanças das cigarras vivi... Em subterrâneas vontades de afirmações geneticamente predestinadas à mais de-eus mesmos... Comecei sonhar constantemente com ares filosóficos investigativos. Livres em algemas subjetivas que me powerficam mais e mais vivos. Em voos em exegéticas-hermenêuticas heurísticas. Que hoje já nem estão mais nas listas. Enfim...

Por lá sai das terras. Com cascas que não eram mais capazes de suportarem devires que cresciam nelas... E assim sendo... Arrebentaram. E delas surgiram outros diversos, desiguais e discrepantes Claudios Amaros. Imagens à semelhanças de quando me apaixonei por Jaqueline... E de quando Hélade Renzo se powerficou in útero me afetando em sem fins não desanimes... Alada. Pneumática... Me afetou. Pois nós seres humanos somos imagens à semelhanças das cigarras... Em cascas que são feitas com palavras. E nos casos que sou.. Em mais de-eus mesmos... Devaneadas.