Já disse latilabro

16/06/2023

Como pode, em suma, humano demasiadamente humano; pulsar em saudades do que ainda não viveu? Já disse latilabro: "Morrendo de saudades dos sonhos que criei, chorando de saudades das horas que imaginei.". Logo em mais de-eus mesmos já discordei. Dizendo: 'Me parece que estás querendo que tempos vão para onde pensas querer?'

Saudades também brotam de fantasias e de promessas que mesmo não concretizadas... Permanecem firmes nas paradas. Pois sim... É possível sentir saudades de futuros inventados. E assim sendo ficamos esperando, esperando... Esperando acontecer o que somos predestinados geneticamente à apenas imaginar. Válido é quando tudo isso não são powercidades capazes de sem fim amargurar.