Gôndolas

03/09/2023

Estando à ponte,
Eu cismava na noite escura.

E além ouvi uma canção:
Na superfície das águas
Gotas de ouro ondulantes
Resplandeciam circulando.
Gôndolas, luzes, música –
Sorvidas pelo crepúsculo…

E como o acorde de uma lira,
Tocada por mão invisível,

Minha alma canta a si mesma,
Uma canção de gondoleiro,
Ondulante e melancólica.
 – Quem a ouvira?

 Friedrich Wilhelm Nietzsche